Just dreams ..

E aí? Bem, hoje quero falar sobre uma coisa meio... Tipo, é engraçado porque quase nunca vejo alguém debatendo sobre isso, acho que por conta de ser comum. SONHAR. Não se engane, não falo de nossas perspectivas e desejos, e sim os nossos sonhos mesmo, quando a gente está dormindo e algumas imagens formulam na nossa cabeça, mas quase sempre se perdem e não conseguimos nos recordar de absolutamente nada. Hoje eu tive um sonho esquisito pra caramba, e como meus pais se recusaram a ouvir a história inteira, acusando-o de chato, não vou aborrecer vocês. Mas o meu ponto é: li em um livro - aqueles que a escola obriga você a ler -... Que temos um ciclo. Temos de seis a oito sonhos por noite, os primeiros são mais longos e são os que a gente se lembra (nem sempre, não é?), e os últimos tem uma duração menor e a gente não tem capacidade de se recordar... Não sei, talvez acreditei na historinha do livro, quem sabe, acabei de falar uma grande idiotice, uma invenção do autor (que me pegou, infelizmente). Mas sei lá. Eu queria poder gravar os meus sonhos. Alguns, quando tento contar pra alguém, faltam tantos detalhes que me deixam chateada. No final das contas, sempre temos algum sonho interessante, algum que queríamos mostrar pra alguma pessoa ou até mesmo apertar o replay e ficar visualizando aquelas imagens pelo tempo que quiséssemos. Outra coisa que eu ouvi muitas vezes é que podemos controlar nossos sonhos. O problema é que nem sempre sei que estou sonhando... Então posso eliminar essa alternativa. Na verdade, só me lembro de uma ÚNICA vez em que soube que era um sonho, haha. Acho até interessante não controlar meus sonhos, pra ver as surpresinhas que a minha mente preparou pra mim, né? Eu estou com sono agora (droga!²), e vou ter que ir em um lugar. Vou terminar por aqui. Xo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entretidos.