Limite

Eu estava aqui, pensando sobre o que postar, e, em uma velocidade inacreditável, a palavra limite surgiu na minha mente... L i m i t e. Quais são os limites impostos pela vida? Pelo amor, pela física, pela natureza, pelas pessoas? Tudo tem um. Nem venha me dizer que o amor não tem, blábláblá, porque tem sim. Chega a um ponto em que tudo tem que parar porque atingiu seu ponto máximo. As vezes é super complicado aceitar um limite, ou mais difícil ainda, quando queremos o contrário. Quando a gente quer prosseguir e continuar fazendo, continuar tentando, mas algo pôs um ponto final. É preciso respeitar, mas dentro da sua cabeça o subconsciente fica gritando, implorando pelo contrário. A questão é que quando a gente passa do ponto máximo, estraga... Quebra, falha. E se você pensar bem, o limite não significa um fim... Apenas um novo começo. E quando as coisas começam de novo, há uma nova chance, uma outra oportunidade pra tentar, pra superar as dificuldades, e o mais importante: fazer ainda melhor.

3 comentários:

  1. meu pai sempre me disse uma coisa: "tudo demais faz mal", e eu acho que ele tá certo. por isso as coisas precisam de um limite; de um momento pra dizer "basta", pra dizer "chega", pra desistir e começar tudo de novo, se assim for preciso. =}

    ResponderExcluir
  2. Nati, minha mãe sempre me disse isso também... =)

    ResponderExcluir

Entretidos.